'

Ana Liberato

O livro, o filme: Comer, rezar e amar

Tenho uma admiração intensa por todo livro que é baseado em uma história real, porque diferente da ficção, essa não é uma história que poderia acontecer, essa é uma história que realmente aconteceu. Comer, rezar e amar é um livro inspirador que nos torna a melhor amiga da autora, o modo como é narrado os fatos é tão intimista que nos dá aquela ótima sensação de um café com as amigas.

Esse é um livro sobre uma pessoa que precisava encontrar seu proposito no mundo e se sentir bem consigo mesma. Afinal do que adianta se ter tudo na vida e não se estar feliz? Existem momentos na vida que é preciso recuperar as energias e que lugar melhor do que a Itália para se recuperar as energia e se ganhar alguns quilinhos de gostosura, de acordo com que dizem a Itália possui uma das culinárias mais apetitosas do mundo. Confirmo isso quando tiver a chance de conhecer esse país.

É na Itália que começa a jornada de Elizabeth, o livro é dividido em três partes, os três “I’s”, Itália, Índia e Indonésia. Três culturas completamente bem diferentes. Achei muito especial essa viagem pois cada etapa significou um encontro. Na primeira parte o encontro com a felicidade e o prazer, na segunda o encontro da paz de espirito, e no terceiro o encontro do amor.

Acredito que indiferente da sua cultura, sexo ou religião esse livro pode ensinar muitas lições.

IMG_5043

IMG_5040

IMG_5039

IMG_5037

O filme…

Na maioria das comparações entre filmes e livros as pessoas criticam a falta de detalhes, mas talvez por eu ser muito fã da Julia Roberts, ou talvez por eu achar o Ryan Murphy, o roteirista, incrivelmente ótimo no seu trabalho (para quem não conhece Ryan é o criador da série Glee), eu tenha achado o filme muito digno do livro. Acredito que a maior diferença de uma para o outro é a intensidade. No livro tudo é muito mais detalhado e descrito do ponto de vista da autora que viveu todas as aventuras contadas, no filme você tem que ver e perceber os detalhes e chegar sozinho as conclusões e aprendizados. Indiferente de livro ou filme essa é uma história que encanta qualquer um! <3


Deixe seu comentário

    Um Comentário
  1. Eduarda disse:

    Passando aqui para avisar que você foi tagueada (não sei se é assim-q) por mim na tag: http://gotadechampagne.blogspot.com.br/2015/01/tag-liebster-award.html
    Beijos.

O que tá rolando no instagram
Siga meu insta!

Acompanhe nas redes sociais:

Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato Ana Liberato
Ana Liberato - Todos os direitos reservados © 2015